Um mundo de notícias do mercado cerâmico

Receba Semanalmente a nossa newsletter por e-mail

FIEPI recebe ceramistas durante 46º Encontro Nacional de Cerâmica Vermelha


A solenidade oficial do 46° Encontro Nacional de Cerâmica Vermelha foi realizada no Auditório Senador Fernando Bezerra, na FIEPI, às 19 horas da noite do dia 20 de setembro. Compuseram a mesa de honra, o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Piauí, Zé Filho; Margarete Coelho, vice-governadora do estado; Firmino Filho, prefeito de Teresina; Waldir Junior, presidente do Sindcer/PI; João Henrique Sousa, presidente do Conselho Nacional do SESI; Nelson Farias, presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Máquinas e Equipamentos para Indústria Cerâmica, e Natel Moraes, presidente da Anicer.

 

Na abertura, o presidente do Sindicer/PI, Waldir Junior saudou os participantes,  em seguida falou sobre a viabilização do evento na cidade de Teresina. “Tudo estava certo para esse encontro ser realizado em São Paulo, juntamente com a Exponicer nesta mesma data. No entanto, com a atual crise econômica que o país atravessa as dificuldades de locomoção no transporte das máquinas e equipamentos de outros estados para São Paulo, muitas fabricantes ficariam impossibilitados, daí o evento foi adiado e ficou sem local”, disse Waldyr Junior.

Prosseguindo, ele afirmou que “mesmo assim a Anicer queria fazer o encontro nacional, contudo quis trazer para o Nordeste. Porém, como já havia sido feito em alguns estados o presidente Natel me ligou e em apenas cinco minutos eu já tinha dado a resposta positiva: vamos fazer! corri atrás e mobilizei presidentes de sindicatos, empresários, instituições, governo, prefeitura e a primeira pessoa foi o presidente da FIEPI, Zé Filho, que de pronto nos apoiou e ofereceu toda a estrutura do Sistema FIEIPI, assim como presidente do Conselho Nacional do SESI, João Henrique, que também nos ajudou e muito. Por isso estamos aqui hoje abrindo esse grandioso evento”, falou o presciente do Sindicer/PI.

 

Por sua vez, o presidente da FIEPI, Zé Filho, disse que “quando ele (Wladyr) nos trouxe a ideia nós aceitamos o desafio e fomos formalizar as parcerias para concretizar a realização do evento, que tem uma representatividade muito grande no setor cerâmico todo Brasil. O SENAI PI conta com um laboratório de análise de argila, de referência nacional, o que facilita o trabalho das indústrias”. Em seguida parabenizou os ceramistas Antônio Carlos e o ex-presidente da AIP, Joaquim Costa que representam tão bem o setor no Estado, agradeceu a presença do Gerente Executivo Políticas Econômico da CNI, Flávio Castelo Branco e falou da satisfação de poder sediar o evento.

"Quero dizer da minha alegria de receber um evento grandioso como esse na casa da indústria do Estado. Parabenizar o presidente do Sindicer/PI Waldyr Junior, que sempre está à frente de seu tempo. A federação vai continuar fazendo esse trabalho por que a FIEPI é a casa dos ceramistas. O Brasil produtivo está aqui com vontade de crescer, de gerar emprego e é isso que precisamos pra fazer o desenvolvimento do nosso Estado. Espero que esse evento seja modelo para os outros setores que fazem o Piauí grandioso como ele sempre foi", afirmou.

Já o presidente do Conselho Nacional do SESI, João Henrique, enfatizou a magnitude do evento, dizendo que o Piauí precisa de indústrias e aquele encontro servia de vitrine para novos investidores virem para o Estado. “O setor ceramista é um forte núcleo industrial do nosso Estado. Esse segmento, como disse nosso presidente Zé Filho agora a pouco numa entrevista já galgou premiação nacional, é um grande empregador e por isso temos que incentivar. O Piauí precisa se desenvolver com empresários, assim como outros Estados da Federação”, afirmou João Henrique.

 

O segmento representa 4,8% da indústria da Construção Civil e gera cerca de 300 mil postos de trabalho diretos e 900 mil indiretos. Segundo o IBGE, o setor é constituído por 6.903 empresas, com faturamento superior a R$ 18 bilhões anuais. Mensalmente, são produzidos mais de 4 bilhões de blocos de vedação e estruturais, e 1,3 bilhões de telhas.

Dados do Sindicer/PI indicam que somente no Piauí, a produção conta com uma média mensal de 48 mil toneladas de peças, entre blocos e telhas. Tradição e comprometimento técnico com o ceramista são marcas do Evento realizado pela Anicer, em parceria com os sindicatos anfitriões.

Além de clínicas e minicursos haverá visitas técnicas em algumas indústrias locais. Por indicação do sindicato anfitrião do Evento, o Sindicer/PI, no dia 20 de setembro, a Telhamar abriu as portas de sua fábrica, no dia 21 de setembro, foi a vez das cerâmicas Santa Maria e Livramento, já no dia 22, o Grupo Santa Vitória encerra as visitas recebendo os ceramistas vindos de todas as regiões do Brasil e da América Latina.

                                                                                                                                                   portalaz.com.br, 21/09/17



2019 GlobalCeramic- Todos os Direitos Reservados© – Política de Privacidade